quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

O dérbi

Paulo jorge ouviu o patrão e, tivesse uma pistola, o velho tinha ficado ali, gordo e rico e morto com dois balázios. Onde é que se já se viu obrigar os empregados a ficar até mais tarde quando há um Sporting-Benfica? Paulo Jorge tinha apertado as contas domésticas para manter a Sport TV. Não jantava fora, punha a máquina a lavar no período mais barato da noite, comprara apenas bilhetes de cinema no Dia dos Namorados (sem direito a jantar ou flores). E agora aparecia o batoque do patrão, meio bêbedo do almoço, a informá-lo que tinha de acabar não sei o quê para amanhã. Minutos antes do jogo, Paulo Jorge comeu uma sandes de presunto comprada no café, mastigou o pão seco e o porco rançoso, pôs os auscultadores para ouvir o relato na rádio do telemóvel. Não conseguiu concentrar-se no encontro. Tinha contas para fazer e outras para ajustar. Ponderou recolher todas as provas que comprometiam as actividades ilícitas do patrão - facturas falsas, emails sobre almoços com dignitários oficiais que podem decidir quem ganha concursos públicos, registos da passagem do cartão de crédito em casas de alterne. Paulo Jorge podia mandar tudo aquilo para a polícia. Mas sabia que o castigo teria de acertar mais perto do coração. Por ter impedido um dos funcionários de assistir ao dérbi, o patrão encontrou no seu email, na manhã seguinte, fotos de uma mulher sem roupa, fazendo poses, com algemas e plumas. Era a mesma rapariga que Paulo Jorge levara ao cinema (e fotografara) no Dia dos Namorados. Era a filha do patrão.

Hugo Gonçalves - Jornal i

4 comentários:

Angela disse...

Bonjour!!! J adore les bague Alexander McQueen!!! I want

Biz
Angela Donava
http://www.lookbooks.fr

Lunka disse...

Gostei da historia, a vida tem coisas destas =)

Obgd tb por passares no meu cantinho, e, de facto, normalmente as pessoas regressam por causa das musicas! Costumo muda-las de 3 em 3 meses ^^

Beijinho**

Dylan disse...

Resta saber se o resultado do jogo também lhe agradou. A mim agradou.:)

Fi disse...

Também a mim! Mas feliz feliz fiquei no último porto-benfica, tem sempre um sabor especial vencer aos portistas:p