terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Dia dos Namorados

Luísa nem era de marcar datas ou de comprar pacotes românticos em pousadas campestres. Mas tinha sido promovida, ia ao ginásio (estava bonita) e tinha pedido folga no Dia dos Namorados. Levantou-se cedo para preparar um pequeno-almoço como nas novelas e nos hotéis. Jorge demorou a sair da cama de Luísa (viviam separados) e apareceu de boxers lassos, T-shirt de dormir e feições murchas. Jorge estava para o romantismo como as suas cuecas para a alta-costura. Não comeu quase nada, passou o tempo com a mão entre as pernas e o seu hálito cheirava a lençóis usados. Durante o dia manteve-se amuado e, ao final da tarde, quando Luísa apareceu com lingerie de estreia, Jorge olhou para baixo e disse em piloto automático: "Isto nunca me aconteceu antes." Mentira. Já tinha acontecido em maratonas de copos, dias de nervos ou apenas porque sim. Mas Jorge era muito homem e não admitia falhanços da biologia. Luísa tentou acalmá-lo, ser carinhosa, fazer-lhe festinhas compreensivas na barriga. Jorge confessou: "Li ontem no jornal que hoje também é o Dia Europeu da Disfunção Eréctil e que 52% dos homens com mais de 40 anos sofrem de...." Ficou calado até que: "E eu tenho 38." Luísa, com um passado de homens mariquinhas e problemáticos, passou-se: "Então vais à farmácia e compras um comprimido azul, porque hoje, para mim, é Dia dos Namorados." Jorge não voltou a aparecer. Luísa apagou-o do telemóvel e só namora rapazes abaixo dos 30. Este ano Jorge passou o Dia dos Namorados na República Dominicana, onde não há dia oficial para disfunções amorosas.

Hugo Gonçalves - Jornal i

4 comentários:

Helena Branquinho disse...

Obrigada pela visita! :)
Também gostei do teu espaço, já sigo!

http://hiimab.blogspot.com

Angela disse...

Ton blog est tres interessant! Bravo!

Angela Donava
http://www.lookbooks.fr

Ivânia Santos (Diamond) disse...

Uauuu amei o post! Super interessante (:

Tenho 2 sorteios a decorrer, participa!!
xoxo*

ah, já te sigo!!

Lunka disse...

Adorei =)