quarta-feira, 6 de abril de 2011

Que Moody preferem?


Hank Moody é protagonista da série "Californication" - escritor dândi com bom coração, pronto a salvar (e seduzir) damas em apuros, insolente com a autoridade, capaz de dizer: "Amo as mulheres, tenho todos os seus álbuns."
John Moody nasceu em 1868 e fundou a agência de notação Moody''s, que voltou a baixar o rating de Portugal. John, diz a página da Moody''s, era empreendedor e tinha as qualidades de um bom jornalista quando analisava empresas. Foi um dos pioneiros na actividade que hoje tem o nome de "analista": gente que, em Wall Street, decide o futuro de países, gente que, há pouco tempo, classificou produtos financeiros tóxicos como se fossem de primeira qualidade, gente que contribuiu para a crise financeira mundial. A Moody''s recebe dinheiro dos clientes para fazer as suas avaliações, o que torna o negócio pouco claro. No "Wall Street Journal": "Não há nenhuma estrutura que fiscalize [as agências de notação], ninguém designado para receber queixas e nenhuma regulação sobre as qualificações dos funcionários." John criou uma firma de pistoleiros selvagens numa cidade sem xerife. Já Hank Moody dormiu com uma menor (embora não o soubesse), insulta polícias, bebe de mais, parece que não leva nada a sério: "Não há uma mulher que tenha conhecido por quem não me tenha apaixonado durante dez minutos ou dez anos." Hank é, muitas vezes, um desastre. John deu origem a um exército de necrófagos gananciosos. Hank ou a herança de John? Não tenho dúvidas em escolher entre os dois Moodys - Hank, apesar de tudo, quer agir bem.

Hugo Gonçalves - Jornal i

15 comentários:

L* disse...

Também prefiro o Hank, de longe :|

Rita disse...

O Hank.

Fernando Pinto disse...

O Hank, tirando filha e ex, sabe como ofertar a uma mulher o que ela mais necessita em determinado momento. O acto físico é o superficial, pois a envolvência do momento atinge-as e mima-as na verdadeira essência. Daí o apreço quase eterno que passam a nutrir por ele.

Beijos

Cacarol disse...

Tens tijolos?

Dommin disse...

Quero um Hank Moody só para mim :)*

Ana FVP disse...

Hank... Até porque é um eterno apaixonado e fica-lhe tão bem!

Adorei o texto. Não conhecia este jornalista.

PinkEmotions disse...

Não costumo acompanhar a série mas já me disseram que era boa.

S* disse...

Hank, ao menos só quer pinocar. :D

Fi ♥ disse...

Fernando, é mesmo essa a essência do Hank, descontraíste-o num parágrafo, gostei.

Fi ♥ disse...

Dommin os Hanks do mundo não são de uma só mulher é esse o problema:P

Things disse...

irra, devo ser a única alma que ainda não viu essa serie--`

Gonçalo disse...

Nunca vi esta serie é gira?

Fi ♥ disse...

Gonçalo eu gosto, e tu se gostaste da descrição do Moddy bom (o Hank) vais gostar, mas vê uns episódios e percebes logo o tipo de série que é. Bejinhos*

Fi ♥ disse...

Things o Gonçalo também não viu:P Tens de ver é demais, apesar de ser daquelas que certamente não agrada a toda a gente. Como disse ao Gonçalo vê um episódio que percebes logo se vais gostar ou não*

Lucyana Mendes disse...

Aiiiiii Hankzinho... serei eu só que acho a filha deles muito feiosa e pãozinho sem sal?! Não tem nada a ver com a mãe maravilhosa e com pai Hank <3

http://fashionviktima.blogspot.com/