quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Never Let Me Go


Porque eu gosto de filmes que me fazem e deixam a pensar gostei muito deste. Para além do romance o  filme assenta num conceito que põe em causa os direitos fundamentais como hoje os entendemos e faz-nos reflectir se algum dia chegaremos a este ponto. Até onde o direito e cada um de nós deixará a ciência chegar em nome de mais uns anos de vida ou de um fim de vida com qualidade?
Vejam, reflictam e depois digam-me o que acharam.*

20 comentários:

PinkEmotions disse...

Ainda ontem tive com esse dvd na mão por acaso. Nunca vi mas deve ser interessante, e eu adoro a Keira :)

. Sofia . disse...

Eu já vi. Achei tão triste. Mas adorei.

Frutinha disse...

Está desde ontem na minha lista.
Parece-me muito interessante.

Palco do tempo disse...

fiquei curiosa, vou ter que ver o filme :)

Maria disse...

pronto, está decidido: quero ver este filme ainda hoje! obrigada por partilhares :-)

http://makeupblah.blogspot.com/

melody disse...

Já tinha ouvido falar nele mas nunca mais me lembrei dele. E hoje vou passar a noite sozinha, acho que já sei o que vou ver! :P ***

Maria Blair disse...

amei de paixao este filme ;)

mari disse...

fiquei curiosa, vou ter de procurá-lo :)

Joana disse...

Também fiquei curiosa :) Já está na lista de filmes a ver, sem dúvida! Beijinhos, Joana

Diário de um Anjo disse...

ja está na lista também

Fi ♥ disse...

Acho que não se vão arrepender meninas, o filme para além de tudo o que já disse tem a particularidade de ser monocromático (o que achei interessante) e ter uma banda sonora bem pensada.
Ah e está com 7.3 no imdb o que também é um bom prenúncio:)

Espero que todas adorem*

Antes Prefiro disse...

Olá!

Antes de mais: ameeeeeeei o nome do blog. :)

Quanto ao filme: adorei! Também gosto de filmes que me façam pensar, e este... ficou comigo! (E tenho-o recomendado a toda a gente!)

Até breve,

Vanessa C.

Maria Aires de Sá disse...

bem só pelas tuas descrições já vale a pena!! =D acho que na sexta a noite já tenho progrma pelos vistos!1

Pés de Bailarina disse...

Sem dúvida um excelente filme, o que nos últimos tempos não é assim tão vulgar.

http://pes-de-bailarina.blogspot.com

kishikiari disse...

tenho q ver =)

Patrícia Mendonça disse...

quero verrrrr, adoro estes filmes assim :D

Fabrício Santiago disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do Blog turista acidental. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. Estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs

Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.

Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

Abraços

http://narroterapia.blogspot.com/

AL disse...

É muito, muito giro..
Também gostei bastante! =)

Silly Little Wabbit disse...

Vi-o ontem, e apesar de ter gostado acho que falta um certo equilíbrio entre o romance e a parte científica (não chegam a aprofundar nenhuma das duas, transmitindo a mensagem de forma um bocado superficial). Se gostaste, recomendo vivamente dentro do género o filme Gattaca.

Happy Brunette disse...

Parece ser um filme bem interessante, vou com certeza tentar ver nos próximos tempos! ;)