segunda-feira, 27 de junho de 2011

Sovina? Sim com muito gosto


Devo admitir que sempre fui uma pessoa sovina, agarrada, mitra, chamem-lhe o que quiserem, característica que obviamente tem repercussões no meu dia-a-dia. Por exemplo, faz-me uma tremenda confusão quando vou jantar as pessoas que me acompanham implicarem em dar gorjeta, mesmo que o atendimento tenha sido mediano e o empregado não tenha cumprido mais do que a sua obrigação. Para mim a gorjeta é um agradecimento face a uma atenção especial que nos foi concedida por aquela pessoa que nos serviu e não uma obrigação.
Quando era miúda e ia jantar com os meus pais chegava a "ficar para trás" e recolher a gorjeta que eles tinham deixado, voltando a dar-lhes o dinheiro já longe do restaurante ahaha


Esta é uma cópia de uma conta e de um papel dado no EUA quando a pessoa opta por pagar com multibanco. Como vêm a conta total (check) foi 82.27 dólares e a gorjeta (tip) supostamente dada pelo Sr. Donald Trump, num dia que devia estar especialmente bem disposto ou foi especialmente bem atendido, foi 10 000 dólares!! 
Enfim, eu se tivesse o dinheiro dele também era generosa, ainda que nem tanto.

29 comentários:

Ana FVP disse...

10.000?????!!!!!

Oh god! Esse empregado ficou bem na vida. Lol

Bernardo disse...

OMG

kishikiari disse...

também fui contra as gorjetas mas não me considero sovina (:

Palco do tempo disse...

bela gorjeta :)

Fashionista disse...

ah ah! A minha filha fazia o mesmo! Tirava e vinha dar-nos!

Criss disse...

Se não gosto do atendimento não dou nada! 10000 é ainda assim exagero :p

*C*inderela disse...

assim vale a pena ser empregado de mesa eheheh.

Pestinha disse...

O empregado devia-lhes ter posto a comida na boca e limpado as beiças deles, por esse valor só deve ter sido isso...

Kiss**

likecrystalwater disse...

Já tinha visto esta imagem, já eu sou muito ao contrário, não sou nada forreta, o que também nem sempre é bom...

Rosie disse...

Porque é que não era eu a empregada! :) Cada um lá sabe o que faz ao dinheiro, de certeza que tem muito e não lhe custou muito.

Rosie disse...

Nunca fui contra grojetas, até porque trabalhei muito tempo em serviço de restauração enquanto estudava e às vezes sentia que merecia, já que era mal paga lol. sabe bem, é verdade!

Catarina disse...

Compreendo perfeitamente o que dizes! Eu própria também acho que sou um pouco assim.às vezes custa-me imenso dar dinheiro por uma coisa que acho que não vale tanto. Mas se é algo de que gosto mesmo, muito raramente acabo por ceder.

Beijinhos *

Catarina disse...

Compreendo perfeitamente o que dizes! Eu própria também acho que sou um pouco assim.às vezes custa-me imenso dar dinheiro por uma coisa que acho que não vale tanto. Mas se é algo de que gosto mesmo, muito raramente acabo por ceder.

Beijinhos *

L* disse...

Bela gorjeta!
E fiquei eu espantada quando um produtor alemão deu uma gorjeta de 5000 escudos (ainda os euros estavam longe :p) numa esplanada da nossa cidadezita :p*

Tanita disse...

Se tivesses o dinheiro dele parecia que estavas a dar 10 euro, deve ser mais ou menos mesma coisa :)
Eu também não dou gorjeta, as pessoas estão a fazer o trabalho delas como eu faço o meu, e a mim ninguém em dá gorjeta, por isso não sei porquê a obrigação de dar.
Bj**

Ivânia Santos (Diamond) disse...

Omg!
que gorjeta :0

Também não dou e não é por isso que sou sovina :S

Bijuuu*

Senhor Geninho disse...

Ao contrário dos EUA, onde é obrigatório dar grojeta, aqui só se dá se acharmos que o empregado merece. Não acho sovinice não dar grojeta, é apenas uma opção. Agora, 10000$ de groja também eu dava se fosse multimilionário! Haja dinheiro e o que se saiba fazer com ele...

Patrícia Mendonça disse...

OMG :O desse jeito também sou sovina e muito lol

melody disse...

10000!? Irra.

Eu acho que em relação a gorjetas não é ser-se ou não sovina. Eu acho ridiculo dar-se por ‘obrigação’. Eu deixo gorjeta quando acho que fui bem atendida, quando gostei do atendimento e quando saio do restaurante satisfeita. Agora, quando o atendimento não me agrada, porque raio hei eu de deixar uma “compensação”? Não faz sentido. E por isso mesmo acho ridiculo restaurantes onde já, na conta, já vem referido um valor apenas para as tip’s, como acontece em Londres. Mas pronto... *

Myself disse...

Eu concordo contigo, quando o atendimento não foi nada de especial também não dou, afinal de contas o empregado já recebe um ordenado pelo seu trabalho (independentemente de ser um ordenado baixo). Eu quando estava a trabalhar também não recebia nenhuma gorjeta por fazer bem o meu trabalho.
Mas quando sou bem atendida e houve uma atenção especial dou sempre gorjeta...

Gonçalo disse...

WoW quem me dera poder fazer isto xD

S* disse...

Porra, homem simpático. ahahah

Não dou gorjeta, a não ser que seja mesmo bem tratada.

*Sininho* disse...

Eu também recolhia as gorjetas dos meus pais!

Filipa Moreno disse...

Também não gosto nada disso, mas pelo menos a minha família pensa como eu... gorjeta só se o empregado/a merecer...

Acabei de encontrar o teu blog e gostei muito, vou seguir-te! ;)

beijinhos! Pi
http://theperfumerecipe.blogspot.com/

suddenly twenty disse...

ahaha sorte do empregado

Pistaxa disse...

Eu tb fazia isso de ir atrás sacar a gorjeta mas ficava era com ela ahahah

Lyn disse...

Também sou muito agarrada ao dinheiro e, já que falas em idas a restaurantes, eu não gosto quando vou jantar com um grpo de amigos e, imaginando que somos 10 e a conta foram 70euros, o pessoal pegue nos 70 e divida por 10.
Correcto é ir ver à conta quem gastou o quê. Senão ponho-me para lá a morfar e os outros que paguem lol

**

Fi ♥ disse...

Lyn percebo te tão bem, precisava de amigos como tu;)

Anónimo disse...

Bom write-up, eu sou visitante normal de loveifyoudare.blogspot.com, manter a funcionar legal, e Ele vai ser um visitante regular por um longo tempo.